ESPECIALIZAÇÃO

Febracis lança os primeiros MBAs de coach do Brasil, organizados por Paulo Vieira

Inicialmente, são dois programas de MBA: o Financial Advisor Coaching e o Business and Executive Coach

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Febracis, hoje, é a maior instituição de coaching da América Latina, com núcleos espalhados em mais de 30 cidades no Brasil e parcerias com os Estados Unidos. Neste semestre, expandiu ainda mais seus negócios e se tornou uma faculdade, com o lançamento de dois cursos de MBA reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação) e voltados para a área de coach, os primeiros do país em tal sentido.

São eles o Financial Advisor Coaching e Business and Executive Coach. Segundo Paulo Vieira, coach internacional, fundador da Febracis e coordenador de ambos os programas, cada um deles prepara o profissional para uma profissão específica, ainda que ambas voltadas para o coaching.

O Business and Executive Coach, por exemplo, “guiará empreendedores, empresários e profissionais liberais que não têm gerado receita ou enfrentam problemas até seus objetivos de negócio e financeiros”, contou Paulo. Já o profissional formado pelo segundo MBA ajuda pessoas físicas a sair das dívidas até a construção de um patrimônio.

PUBLICIDADE

Ambos são especializações do curso já oferecido pela Febracis, o Coach Integral Sistêmico. “A profissão de coaching não é regulamentada no Brasil, por isso existem processos diferentes de coaching por aqui – e nem todos são bons e precisos. A universidade surgiu de uma busca de trazer o conteúdo completo e de excelência”, explicou Paulo. O conteúdo foi montado pelo próprio Paulo e seguiu modelos praticados em grandes universidades, como Harvard e Stanford, que integram o coaching às atividades científicas.

Além de ter formação em algum curso superior, não existem requisitos específicos para fazer o MBA. O ideal seria que o profissional fosse formado no Coach Integral Sistêmico, mas, segundo Paulo, se não for o caso, o conteúdo deste curso é integrado ao MBA. “O MBA vai funcionar como uma dupla certificação nesse caso, deque a pessoa é coach e ainda possui a especialização”, explicou.

O processo seletivo é simples e consiste de entrevistas pessoais e análise de currículo. Ambos os programas são semipresenciais e contam até com um módulo nos Estados Unidos. Os nomes do corpo docente não podem ser revelados a princípio, segundo Paulo, mas inclui “empresários de destaque nacional, master coaches com experiência no mercado e professores que já são destaque em universidades pelo Brasil”.

Paulo não será um dos professores do quadro, mas está por trás da organização e coordenação do curso e, ao longo dele, dará palestras específicas.

As matrículas começam em setembro, com o início das aulas previsto para janeiro de 2019. Valores dos programas ainda não foram divulgados – o lançamento oficial dos MBAs acontecerá no CONARH deste ano.

Os planos da Febracis ainda vão mais além: ao longo de 2019, ela deve expandir a oferta de MBAs e começar a trabalhar com cursos de graduação, extensão e grupos de pesquisa científica.