Para reter profissionais

Redes de fast-food nos EUA começam a pagar salário no mesmo dia

Empresas estão recorrendo a todos os recursos para atrair e reter cozinheiros e caixas em meio à contínua baixa taxa de desemprego nos EUA   

(Bloomberg) — Com a persistente escassez de mão de obra nos Estados Unidos, restaurantes como Church’s Chicken, Pizza Hut e Chequers decidiram acelerar o pagamento dos funcionários.

Redes de restaurantes estão recorrendo a todos os recursos para atrair e reter cozinheiros e caixas em meio à contínua baixa taxa de desemprego nos EUA. A última estratégia: pagamento dos salários no mesmo dia ou no dia seguinte.

A partir de junho, oito restaurantes da Church’s Chicken vão pagar metade do salário aos funcionários no dia seguinte ao turno. O teste vai indicar se os 50% são suficientes para os trabalhadores, e a ideia é aumentar o número de restaurantes no futuro. Não é um empréstimo e não há comissões.

PUBLICIDADE

“Isso vai dar chance ao funcionário de receber mais rápido o dinheiro para despesas”, disse o CEO da Church, Joe Christina, em entrevista. “Algumas pessoas simplesmente não podem esperar duas semanas para receber.”

Com uma economia em aceleração e taxa de desemprego nos EUA no menor nível em 49 anos, os restaurantes sentem o impacto. O desespero do setor para atrair e manter funcionários de qualidade aumenta a cada dia, e simplesmente reajustar os salários nem sempre é suficiente.

É por isso que as empresas estão sendo criativas nas contratações, recrutando funcionários por mensagens de texto e oferecendo bônus para novos empregados. O McDonald’s está até contratando idosos para fritar hambúrgueres.

Mão de obra é “o item número um” discutido pela diretoria, disse Christina. “Em toda minha carreira, é o mercado de trabalho mais desafiador do qual me lembro.”

Com menos adolescentes entrando na força de trabalho e salários mínimos mais altos em algumas regiões dos EUA, as redes de restaurantes estão sob pressão.

Além disso, salários mais altos para funcionários menos qualificados sendo oferecidos por empresas como Amazon.com, Walmart e Target tornam a busca por talentos mais difícil para restaurantes.

PUBLICIDADE

A Church’s Chicken de Atlanta contratou outra empresa, a Instant Financial, para oferecer o benefício nos bairros residenciais ao norte da cidade. A Church’s e a Texas Chicken, outra rede do grupo, possuem mais de 1,5 mil restaurantes em todo o mundo.

A Instant Financial, financiada por capital de risco, também trabalha com a Bloomin ’Brands – que controla o Outback Steakhouse – e, recentemente, acrescentou a Checkers e Rally’s Restaurants à lista de clientes.

O presidente da Instant Financial, Steve Barha, disse que a falta de mão de obra tornou o pagamento instantâneo “quase uma exigência” para o setor de restaurantes ao longo do último ano.

Invista seu dinheiro para realizar seus sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça. 

–Com a colaboração de Lisa Wolfson.

Repórter da matéria original: Leslie Patton em Chicago, lpatton5@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Anne Riley Moffat, ariley17@bloomberg.net, ;Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net, Kevin Miller, Jonathan Roeder

©2019 Bloomberg L.P.